Fashion Stamp - Moda para os jovens
   SlidingYoutubeGallery Exception:
Expected response code 200, got 410 GDataNoLongerAvailableExceptionNo longer available

Desfiles: Primeiro dia

Por: Carol Carvalho
 
 

E a temporada de desfile começa mais uma edição, voltando ao prédio da Bienal e fazendo valer o novo calendário lançado na edição de transição do Parque Villa Lobos.

ANIMALE

 Para iniciar a maratona Fashion abrimos os desfiles com a Animale, que apresentou uma viagem à ilha de Bali para retratar o seu verão 2014, com peças assimétricas, recortadas e bem fluidas. Um dos principais destaques são as estampas e a mistura de texturas, que mescladas a drapeados, aberturas, bordados e zíperes trazem uma mulher feminina e muito livre.

Somando delicadeza feminina a modelos como Karlie Kloss, Carol Trentini, Laís Ribeiro e Ana Beatriz Barros a marca sai da sua característica mais que comercial e abre espaço para uma boa mulher.

CORI 

De cara nova, vinda do inverno, a estilista Taciana Menezes, que procurou trazer a passarela uma nova identidade visual para a marca, apresentando uma coleção mais clean, menos rígida e mais descontraída, que é mais que notável em todos os looks na passarela. Os volumes são bem poucos e discretos, as saias são curtas, as cores são bem neutras com grande destaque para o branco e os tecidos dublados são destaque, principalmente porque deixam a “alfaiataria com uma construção mais contemporânea”, de acordo com a estilista.

TUFI DUEK 

Chegando quase ao final da noite, tivemos o desfile de Tufi Duek, uma coleção geométrica e cubista toda inspirada na paixão de Edu Pombal pela fase azul de Picasso, paixão essa que rendeu belas pregas, franjas e plissados que caracterizavam um efeito gráfico bem bonito, somado aos blocos de cores à La Picasso, que com formas, cores e pernas aparentes, conseguiu mostrar que o verão pode ser quante mesmo nos blocos azuis.

CAVALERA

Para Finalizar a primeira noite, tivemos o desfile da Cavalera, tivemos mais uma vez um show que só é digno dessa marca, que mesmo dentro da sala de desfile, que não é o seu comum, conseguiu fazer uma grande festa. Inspirada no programa de televisão americano dos anos 1970 “Soul Train” – que contou com nomes como James Brown e Aretha Franklin em seu palco – a marca transportou a energia Black-soul para a passarela, fazendo de modelos, dançarinos, de uma cultura a realidade da sua coleção e das peças a ilustração de toda essa festa.

Um dos fatores importantes para a concretização dessa festa foi a surpresa da assinatura de Marcelo Sommer para a coleção. O designer foi convidado por Alberto “Turco” Hiar para  desenvolver as roupas da coleção.

As roupas, parte mais importante do show, são o retrato da mistura de rua, música e cultura, apresentando muita cor, estampas de grafites, patchwork denim, pantalonas, saias longas e macacões bem setentistas. Para os homens, o destaque fica nas camisetas debochadas características da cultura, com estampas engraçadas e na camisaria colorida, com misturas de cores quentes e muita sensualidade Black, tudo isso com a grande presença de Nelson Trifunfo e sua galera e Tony Tornado, fechando a noite com muita festa mesmo.



 

Veja Também